Uma viagem pela Literatura de Cordel

A Literatura de Cordel tem sempre espaço neste blog, uma vez que faz parte da minha história de vida. E percebo que a minha história de vida  também se entrelaça com a de outras pessoas e, também, com outros espaços que mantêm e preservam a cultura popular.

No último sábado, dia 18, estive na Livraria Cortez em mais um encontro com o Cordel; desta vez, em um sarau lítero musical que reuniu músicos, poetas, cordelistas, enfim os amantes do Cordel.  Aquele dia  marcou o início da Semana do VIII Cordel da Cortez , e se encerra no próximo sábado, dia 25 de agosto. É um evento comemorativo, pois há 10 anos a Livraria Cortez promove esse encontro com a cultura popular, e neste ano também se comemora os 100 anos do Rei do Baião: Luiz Gonzaga.  Durante toda a semana haverá uma série de atividades com o público e para o público de todas as idades. Vale muitíssimo a pena ver e curtir. O endereço da Livraria Cortez é Rua Bartira, 317 – ao lado da PUC.

Compartilho com vocês algumas fotos que fiz da abertura, no dia 18 de agosto:

Abertura do VIII Cordel da Cortez

Na fotografia acima, temos a presença do Senhor Cortez, fundador da Livraria, o poeta Moreira de Acopiara, músico, poeta e escritor Costa Senna, que na ocasião lançou o livro  “Cordéis que educam e transformam”.

Abaixo temos uma apresentação do escritor  e cordelista Marco Haurélio, curador do VIII Cordel da Cortez.

Na foto que segue, temos a presença de Aldy Carvalho, cantor, compositor, poeta e violonista pernambucano. Foi uma apresentação que  muito me encantou, pois a música de Aldy possui sublimes melodias e poética sertaneja.

Também reencontrei o músico, cantor e compositor alagoano Ibys Maceioh, que, com suas canções, homenageou o Rei do Baião, Luiz Gonzaga.

Na foto abaixo, o  apresentador Moreira de Acopiara convida o artista  pernambucano Valdeck de Garanhuns, que com muito humor conta seus ‘causos’.

Em seguida,  temos o momento poético de Costa Senna:

E Costa Senna também deixa para todos o som e o sabor do cordel musicado:

O VII Cordel da Cortez foi um momento de muita poesia, música e entrosamento de todos, inclusive das crianças, que aproveitaram cada uma a seu modo:

Por alguns instantes,  deixei a máquina fotográfica e fui curtir com meu filho, Ulisses, que com seus 1 ano e oito meses já se diverte e aprende com os livros e com o Cordel:

Um super abraço!

Anúncios

6 Respostas to “Uma viagem pela Literatura de Cordel”

  1. Marco Haurélio Says:

    Margarete, foi muito bom revê-la. E, enfim, pude conhecer o pequeno Ulisses, que só está começando a singrar os mares da vida!

  2. Heloysa Says:

    Gostei do Ulisses no Cordel!!!Heloysa

  3. Lili Says:

    É isso mesmo, Ulisses, já vai se ambientando com a literatura e a arte de qualidade… Parabéns, Margarete, pelo filho lindo! Abraços.

    • Margarete Barbosa Says:

      Olá, Lili!
      Obrigada! Sempre que posso, levo o pequeno Ulisses para conhecer de tudo um pouco. É muito bom ver ele se divertir e curtir as coisas que os pais também curtem.
      Um super abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: