O resgate da Memória Autobiográfica


Neuza Guerreiro de Carvalho, também conhecida como vovó Neuza, respira Memória. Foi numa de suas oficinas de memória, há sete anos, que nos conhecemos e desde então compartilhamos muitas outras  histórias.

De agosto a novembro deste ano, Neuza vai coordenar os “Encontros para Resgate de Memória Autobiográfica” na Estação Ciência, da USP, para o público acima de 60 anos.

Os encontros têm o objetivo de fazer com que os participantes resgatem suas memórias pessoais, registrem-nas e construam suas próprias histórias de vida. Em cada encontro, haverá dinâmicas de grupo como depoimentos, arte-terapia, pintura, redação, música, leituras e troca de experiência entre os participantes. Alguns dos temas trabalhados serão: identidade, infância, vida escolar, família, espaços de vivência, sonhos e vida atual. Ao final dos encontros, cada participante terá elaborado um caderno com o conjunto de produções.

Neuza vem trabalhando com Memória há muito tempo, sempre buscando estudá-la de várias formas, como: histórias de vida, histórias de família, histórias coletivas e resgate de Memória pessoal. Ela escreve sobre a história da família desde 1997 e já integrou o Museu da Pessoa, onde trabalhou e conviveu com profissionais realizando entrevistas, transcrevendo e editando as Histórias de Vida.

 Muitos são os profissionais que estudam e pesquisam sobre a memória e todos reconhecem o quanto é importante para a saúde física e psíquica do indivíduo. No livro: “O tempo vivo da memória – ensaios de psicologia social”, a professora Ecléa Bosi nos diz que “A memória dos velhos pode ser trabalhada como um media­dor entre a nossa geração e as testemunhas do passado. Ela é o intermediário informal da cultura…”

Sobre a História de Vida a professora Ecléa Bosi nos lembra ainda que “do vínculo com o passado se extrai a força para a formação de identidade”. Acredito que nessa afirmação reside a importância dos encontros para o resgate da memória autobiográfica.

 O tema da memória autobiográfica tem sido muito pesquisado na área da Educação, na formação de professores. Para compreender a relevância do tema, convido-os para assistir o pequeno documentário abaixo, com depoimentos de professores da UNESP e UNIFESP.

Vale a pena conferir esta iniciativa e também conhecer as muitas histórias no Blog da Vovó Neuza

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: